Eu poderia ter sido a mulher da tua vida

by

Você sabe que eu poderia ter sido a mulher da tua vida, não sabe? Porque eu poderia sim ter sido muito mais do que você me permitiu ser. Eu teria virado sua cabeça e seus lençóis do avesso, mas ao invés disso, você preferiu ir embora. Você deixou que eu me aproximasse, deixou que eu observasse seu modo de falar, de andar, de agir. Deixou que eu gostasse do que via, do que sentia, do que vivia. Você até mesmo me ofereceu um pedacinho seu, só para arrancá-lo de mim em seguida.

Eu não sei se você sabe, mas rapaz… isso foi cruel.

Você me prometeu uma tentativa e se foi sem nem me avisar que ia. Jogou suas palavras no lixo assim como todos os momentos gostosos que havíamos tido. Pegou suas coisas e me largou tão fácil, que eu duvido que um dia você tenha mesmo pensado em se permitir. Seu ego e seu medo conseguem ser maiores do que você, e mais uma vez, você acabou quebrando uma garota que estava pronta para ser sua.

Se você não é do tipo que planeja, me perdoe por ter sido. Porque eu via em você tanto carinho, que planejava sem perceber. Sem perceber que você, bem, não estava tão afim assim. Você me deu corda e sabe disso, mas não me puxou para perto, só largou sua ponta e me deixou segurando a outra atoa. Sem saber que você já tinha planos de me deixar. Vai ver você se esqueceu.

Vai ver você esqueceu de avisar que eu era a única que via futuro naquele relacionamento que não foi, mas poderia ter sido.




Se você tivesse ao menos tido a decência de me enxergar, saberia que eu poderia ter te feito um cara feliz para caralh*. Saberia que a diversão que a gente tinha era capaz de preencher o vazio que você abriga. Se você tivesse olhado para mim mais uma vez antes de me descartar como um produto usado, você teria visto que meus olhos brilhavam quando encontravam os seus. Teria notado que sua cena preferida pela manhã seria me ver descabelada, usando a sua blusa velha e gargalhando alto no seu quarto.

Se você não fosse tão cego para as coisas que verdadeiramente importam, você teria sido completo.

Mas você ainda vive em um mundo particular seu e do mesmo modo que não me deixou entrar, não vai deixar ninguém. A fila de mulheres que poderiam ter sido suas só vai aumentar junto da culpa que você vai sentir toda vez que uma delas chorar. E infelizmente, porque acredite ou não, eu te desejo muito bem, você vai acabar sozinho. Sim, sem ninguém.

Você vai se esconder atrás das suas piadas, ironias e do sarcasmo presente nas suas falas. Vai se esconder atrás do seu sorriso lindo que eu tanto admirei um dia, mas não vai ser suficiente. Porque sua procura é inútil e impossível. Sua futilidade vai ser sua única companhia e um dia, daqui bastante tempo, você vai desejar voltar atrás.

Voltar naquela noite fatídica em que você me beijou e poucos minutos depois, me deixou. Vai lamentar ter sido apenas um cara babaca que passou pela minha vida, vai lamentar não ter vivido tantas outras coisas incríveis.

Vai lamentar o fato de que você poderia ter sido meu grande amor e preferiu não ser.

E eu? Eu já vou ter superado o que você poderia ter sido para mim e não foi. Eu vou estar vivendo minha vida plenamente sabendo que você foi um caminho torto pelo qual eu tive que passar e vou estar me curtindo, me amando e me entendendo. Eu já vou ter lido esse mesmo texto mais de dez vezes e vou ter aprendido que não fomos e ponto. Vou estar de cabeça erguida, salto 15 e muito bem resolvida.

Se eu vou lembrar de você? Bem vagamente, até porque quem perdeu foi você, eu vou estar ocupada demais me escrevendo pra ficar me preocupando com uma página descartada.

Eu poderia ter sido a mulher da sua vida, e teria sido perfeito. Mas não fui e quer saber? Ainda bem. Agora é com você, au revoir.