Browsing Category Contos/Crônicas

Eu achei que seria qualquer coisa além do nada pra você


quinta-feira, Fevereiro 15, 2018

O tempo passou, ele sempre passa, mas com o passar do tempo fui percebendo o quão descartável eu fui pra você. Vivemos momentos de risos, de choros, de conversas bobas e de conversas sérias. E durante todos esses momentos, não sei ao certo em qual deles, um sentimento bonito, acolhedor, tomou conta do meu coração e ele ...

View post

A saudade bateu na minha porta


quarta-feira, Fevereiro 14, 2018

Eu voltei, mas meu coração ficou batendo por lá. A saudade tá batendo na minha porta, e eu deixei que ela entrasse. É, a vida tem dessas não é? A gente encontra alguém que nos faz muito feliz, que simplesmente nos "completa" mas aquela pessoa mora a km de distância. Dói, doeu me despedir Doeu dar o último ...

View post

Deixa eu cuidar de você, meu menino!


quarta-feira, Fevereiro 14, 2018

Eu sei que já faz algum tempo que a gente não se fala, mas saiba que isso não quer dizer que o carinho que eu sinto por você, foi capaz de sumir nesse intervalo que nós estamos fazendo de conta que somos apenas desconhecidos um para o outro. Sabe, mesmo de longe, eu sinto que você ...

View post

Eu sou uma pequena árvore


quarta-feira, Fevereiro 14, 2018

Esse não é um textão que você lerá aqui no blog. Não será um textão, porque eu quero que você leia ele por inteiro e não feche a aba antes de chegar ao último ponto final. Esses dias eu estava andando na rua da minha casa, vivendo a minha rotina de casa-faculdade-casa-estágio-casa-blog e notei que no ...

View post

UMA BREVE HISTÓRIA SOBRE A DISTÂNCIA


quinta-feira, Fevereiro 1, 2018

“Não há nada em lugar nenhum/que vá crescer sem você chegar”. É o que ele ouve aos prantos no sofá de casa. Depois de tê-la deixado no aeroporto, botou um Djavan e abriu uma cerveja. O que fazer nesta terça-feira ensolarada? Todo dia de despedida tinha que ser domingo. E, sobretudo, chuvoso. Porque aí, o dia seguinte ...

View post

Desistir de você (…)


quarta-feira, Janeiro 31, 2018

O celular despertou e eu apenas desliguei. Virei para o lado e dormi mais algumas horas. Dormir é uma arte para relaxar a minha mente e esquecer certas coisas. Mas em determinado momento temos que acordar, e hoje eu acordei com vontade de desistir de você. Justamente quando eu queria desaparecer, você apareceu. E isso é ...

View post