Esquece esse velho amor e não culpe Santo Antônio

by

Ok, você quer um novo amor né? Eu sei. Você pede todos os dias pra Santo Antônio, acende vela e implora um relacionamento de conto de fadas. Até o colocou de ponta cabeça no congelador, dentro do copo d’água e ainda xinga o coitado. No dia dele, o acusou de não gostar de você. E que ele pisa na bola desde o seu relacionamento anterior. Pois é. Aí está o erro. Você ainda está com a cabeça neste velho e estúpido amor que não faz mais parte da sua vida. Quer um conselho? Esquece esse velho amor e não culpe Santo Antônio.

Enquanto você não desapegar desse amor que te fez tão mal, você não vai ter ninguém. Aí no fundo ainda mora aquela esperança do seu ex chegar com flores na sua porta e implorando para voltar. Ele chegando com aquele sorriso largo que se transforma em lágrimas arrependidas de ter pisado na bola.

Um amor — se é que se pode chamar de amor — que acabou com a sua autoestima, amor-próprio e vontade de viver. Quantos meses você ficou deitada chorando o querendo de volta? Quanto tempo foi perdido com a esperança de que ele iria mudar? E quantas vezes você repetiu “minha vida sem ele não faz sentido”?

Não adianta fazer todas as simpatias no dia treze de junho se você ainda não está aberta para um novo amor.

Se abra para o novo. Você ainda está nova, tem tanta vida pela frente, enquanto quem te fez tão mal está lá vivendo a vida dele. Tanta gente bacana para você conhecer, afim de te dar o devido valor e trazer alegria para sua vida e pro seu rosto novamente.

Santo Antônio deve estar doidinho para te ajudar, mas você tem que se ajudar. Dá aquele empurrãozinho que ele tanto espera. Aquele de você levantar, dar a volta por cima e abrir esse coração aí. De não querer alimentar a esperança faminta de uma segunda chance para quem não mereceu nem o primeiro beijo.

Esquece esse velho amor e não culpe Santo Antônio. Culpe esse embuste que não te mostrou nem um pouco o que é amor de verdade.