O MEU conto de fadas

by

Quando era criança, colecionava todos os filmes da Disney. Me imaginava em cada um.

Sempre quis ser uma princesa, que mesmo com problemas, no final encontraria alguém bacana para dividir a vida. Sabe o famoso “felizes para sempre”?!

Acontece, que a vida nunca foi um conto de fadas… conheci caras que estavam mais para a madrasta má, tentando levar vantagem.

Acreditei por muito tempo que esbarraria com o príncipe encantado em um dos meus dias difíceis… Ah, quanta ilusão!

Mas chegou um momento, que eu sabia que ele não existia e que estaria longe da realidade desse mundo encontrar alguém como nos filmes.

Passei a viver vendo todos os homens como a “madrasta má”, desconfiava de tudo, achando que a qualquer momento, a maça envenenada da Branca de Neve me seria oferecida, ou furaria o dedo na roca de costura, como a Bela Adormecida.




Até que você chegou. Não foi em um cavalo branco, mas foi com um sorriso encantador. Não foi com um beijo mágico de amor, mas foi o beijo que mudou a minha vida.

Depois que você chegou, descobri que existem, sim, príncipes. Com alguns defeitos, mas que te fazem humano.

Depois da sua chegada, voltei a acreditar em conto de fadas. Não igual aqueles dos filmes, sabe? Mas um bem melhor. Um conto de fadas só meu, onde eu sou a protagonista e que a história vai além de duas horas – como num curta ou longa-metragem.

Obrigada por me fazer dona da minha própria história, do jeito que eu sempre sonhei quando menina. Por me mostrar que o encanto não acaba à meia-noite.

Sobre nosso “felizes para sempre”? Esse vamos escrever juntos.

No tags 4